Pôsteres

ADVANCED BRAZILIAN SYSTEM TO PROVIDE MICROGRAVITY ENVIRONMENT FOR RESEARCH, DEVELOPMENT AND TESTING

André P. Mattei (Orbital Engenharia S.A.)

Jaqueline V. Maiolino (Orbital Engenharia S.A.)

Célio C. Vaz (Orbital Engenharia S.A.)

Abstract: This work presents the system composed by the sounding rocket VSB 30 licensed to the company Avibras and its payload Suborbital Microgravity Platform, SMP, developed with the company Orbital Engenharia. This system allows the technological innovation in many different industries by providing access to environment in microgravity for research, development, and testing. Defense pharmaceutical, aeronautical, are electronics are examples of industries beneficiaries of research and development in microgravity environment. Microgravity research deals those phenomena that become relevant in low gravity environments. Results has the potential for breakthroughs that can not only improve life on Earth, but also allow the continuity of the space exploration. Microgravity provides an important environment for both basic and applied research in many different areas such as physics, biology, upper atmosphere, medicines, and materials. The system composed of the VSB 30 suborbital rocket and the Suborbital Microgravity Platform is a national product born in government institutes and now being marketed by Brazilian industries on a global scale.

ESTUDO PRELIMINAR DE VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DO MICROSCÓPIO ACÚSTICO PARA ANÁLISE DE FALHAS EM COMPONENTES ELETRÔNICOS ESPACIAIS

Tatiana Regina da Fonseca (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)

Priscila Custódio de Matos (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)

Resumo: Técnicas experimentais não destrutivas no âmbito da área análise de falhas permitem que numa mesma amostra possam ser realizados vários ensaios, sem danificá-la, aumentando consideravelmente as informações obtidas daquela amostra. Com isso, melhora-se o entendimento da causa de falha e facilita-se a determinação da causa raiz do problema. O Laboratório de Qualificação de Componentes (LQC) pertence ao Laboratório de Integração e Testes (LIT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e vêm estudando técnicas experimentais que possam auxiliar na investigação de falhas em componentes eletrônicos empregados na fabricação de satélites. Os satélites são submetidos a condições severas durante a operação em ambiente espacial no espaço e, durante a simulação dessas condições, podem apresentar falhas que muitas vezes estão associadas a componentes eletrônicos. Para este estudo, a técnica não destrutiva a ser avaliada é a microscopia acústica de varredura (SAM-Scanning Acoustic Microscopy). O laboratório pretende identificar para quais possíveis falhas e tipos de componentes eletrônicos o SAM é capaz de fornecer informações relevantes para a solução do problema. A análise da técnica será feita por meio de estudo de caso dos laboratórios de pesquisa do mundo, especificamente para capacitores cerâmicos de multicamada. A técnica SAM para os capacitores se mostrou promissora e deverá ser aplicada futuramente na instituição.

PROTOTIPAÇÃO DE CONTROLADOR PID PARA SERVO VÁLVULA ELETRO HIDRÁULICA USANDO ARDUINO E LABVIEW

David R. G. Ribeiro (Parque de Material Aeronáutico de São Paulo)

Henrique Ramos (Parque de Material Aeronáutico de São Paulo)

Mariana Gonzalez (Parque de Material Aeronáutico de São Paulo)

André Zangrandi (Parque de Material Aeronáutico de São Paulo)

Victor Manuel Almeida (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Tommy Zirnberger (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Gilliver Santos (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Resumo: A servo válvula eletro-hidráulica é um dispositivo encontrado em aplicações que requerem controle preciso de posição e torque elevado. O seu comando se dá por sinal PWM (Pulse Width Modulation) e sua atuação pelo suprimento progressivo e proporcional de um fluido hidráulico sob pressão a um elemento final de controle do tipo cilindro ou motor hidráulico. Neste caso um cilindro conectado a uma válvula corpo de borboleta. Este trabalho apresenta o desenvolvimento de um protótipo de controlador PID usando microcontrolador Arduino e programação LabVIEW para comando e controle da servo válvula eletro-hidráulica usada em dinamômetro de teste de motores PT-6 Pratt Whitney da Força Aérea Brasileira (FAB). Neste desenvolvimento, o protótipo desenvolvido como prova de conceito para controlar a servo válvula eletro-hidráulica composto por dois microcontroladores Arduino (modelos Mega e Uno) conectados a um PC padrão foi capaz de controlar em malha fechada a posição do referido dispositivo. Após sucessivos ensaios e ajustes no controlador foram obtidos os seguintes resultados considerados aceitáveis para a aplicação considerando apenas a entrada degrau (Set Point de posição a 50%) no sistema: 1 – Sobressinal Mp = 11,48% para ganho Kp = 1,5 e tempo de acomodação Ts (critério 2%) = 17s para a válvula de entrada, e; 2 – sobressinal Mp = 10,5% para ganho Kp = 2 e tempo de acomodação Ts (critério 2%) = 27s para a válvula de saída.

INTERCEPTAÇÃO E INTERFERÊNCIA EM SINAIS DE RF COM MODULAÇÃO DIGITAL APLICADAS AO ENLACE DE SISTEMAS DE AERONAVES REMOTAMENTE PILOTADAS

Emerson Ricardo Mauro (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Olympio Lucchini Coutinho (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: Este trabalho propõe uma configuração de equipamentos e técnicas para análise de ambiente eletromagnético, com o objetivo de interceptar e interferir em sinais de radiofrequência (RF) com modulação digital, os quais são usualmente utilizados por Sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas (SARP) no seu enlace entre estação de solo e aeronave. Para tanto aborda como é realizada a transmissão de dados entre os componentes de um SARP e algumas de suas características. Na sequência apresenta a metodologia proposta para realizar a interceptação e interferência neste tipo de sinal. Por fim são apresentados os equipamentos a serem empregados para a execução do método proposto.

EFEITO DA DIFERENÇA DE EMISSIVIDADES NO INFRAVERMELHO MÉDIO DE REVESTIMENTOS NA APLICAÇÃO NO MÉTODO SLANTED EDGE PARA A OBTENÇÃO DA MODULATION TRANSFER FUNCTION

Hingrid Spirlandeli Nunes da Silva (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Francisco Bernardo Lovato Eick (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Alvaro José Damião (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: Uma das formas de mensurar e acompanhar a resolução espacial de sensores eletro-ópticos bem como verificar requisitos, análise e proposição de métricas de desempenho de sistemas é por meio da obtenção de dados da Função de Transferência de Modulação (MTF), que permitem o cálculo da resolução efetiva, que normalmente está aquém da nominal do sensor. O método slanted egde, que preconiza o uso de um degrau de níveis digitais é adotado neste trabalho para obter os dados de MTF de um sensor que opera no visível e confrontá-los com os dados obtidos de um sensor que opera no infravermelho médio (MWIR). Este trabalho integra uma linha de pesquisa que objetiva caracterizar sensores eletro-ópticos visando a identificação de alvos em missões operacionais. É apresentado o resultado obtido com as tintas FS 17178 e FS 12215 promovendo o referido degrau por meio da diferença de suas emissividades (ou eficiência radiativa), característica inerente a todos os corpos e que mede a eficiência com que uma superfície emite energia com relação ao Corpo Negro.

O EMPREGO DO RÁDIO DEFINIDO POR SOFTWARE (RDS) COMO EQUIPAMENTO DE MEDIDA DE APOIO A GUERRA ELETRÔNICA (MAGE) DE BAIXO CUSTO

Luiz A. R. De Paula (Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do EB)

Nina M. Figueira (Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do EB)

Resumo: O presente trabalho tem por objetivo analisar a contribuição do emprego do Rádio Definido por Software (RDS) na área de Guerra Eletrônica (GE) além de apresentar uma proposta de medidas que visem uma estrutura permanente de receptores de Medidas de Apoio a Guerra Eletrônica (MAGE) em um grande centro urbano. Devido ao repetitivo emprego em situações reais do 1º Batalhão de Guerra Eletrônica (1º BGE) na cidade do Rio de Janeiro durante os últimos 10 anos, essa localidade foi selecionada para a aplicação da pesquisa. Para chegar a esse objetivo, foram realizados levantamentos e análises no sentido de entender as diferenças entre um receptor RDS e um receptor convencional, o que afirma a doutrina vigente de GE nacional e internacional e de que forma um RDS poderia ser empregado como receptor MAGE. Além disso, todo o estudo foi orientado na utilização lógica da estrutura de rede de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) do Exército Brasileiro (EB) já disponibilizada por meio da Internet do EB (EBnet) na cidade do Rio de Janeiro. Essa rede seria a espinha dorsal de uma estrutura permanente de GE na cidade. A resposta ao problema é apresentada por meio das Normas para Elaboração, Gerenciamento e Acompanhamento de Projetos do EB, a NEGAPEB. Sendo assim, ao fim da pesquisa apresentam-se os resultados iniciais de um Estudo de viabilidade para um projeto de uma estrutura de MAGE de baixo custo permanente na cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, os resultados baseados nessa cidade poderão ser replicados para qualquer outro centro urbano. Sendo, portanto, de alta relevância para as iniciativas de Transformação do EB e, nesse sentido, que seus resultados alcançados sejam instrumentos indutores dessa transformação.

MODERNIZAÇÃO DE BANCADA DE TESTE DE FCU UTILIZANDO LABVIEW E PLATAFORMA PXI

David R. G. Ribeiro (Parque de Material Aeronáutico de São Paulo)

Joel P. Alencar (Parque de Material Aeronáutico de São Paulo)

Gilliver Santos (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Tommy Zirnberger (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Victor Manuel Almeida (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Alexandre B. Campo (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia SP)

Manoel C. S. Alves (Universidade Estadual Paulista)

Resumo: O FCU (Fuel Control Unit) é o componente acessório dos motores PT6 Pratt Whitney responsável pelo cálculo do fluxo de combustível para os diferentes regimes de operação do motor. Estes itens seguem rigorosos procedimentos de manutenção culminando em testes hidrodinâmicos em bancadas especializadas que têm por objetivo garantir a eficiência e a segurança operacional desses sistemas. Este trabalho apresenta a modernização de uma bancada de teste de FCU empregada na Força Aérea Brasileira (FAB) utilizando a linguagem gráfica LabVIEW e a plataforma PXI. Neste desenvolvimento, a instrumentação analógica foi substituída por um Sistema de Aquisição de Dados de Tempo Real utilizando um PXIe-1071 e os módulos PXIe-4330 e PXI-6238, todos da National Instruments (NI), para automatizar a leitura e o registro dos dados de teste enquanto estes são realizados. Empregando uma arquitetura distribuída mestre-escravo e o padrão de projeto QMH (Queued Message Handler) que potencializa a flexibilidade e a escalabilidade do projeto, essa abordagem resultou em um sistema determinístico e robusto que: 1 – Em termos operacionais, organizou e padronizou os procedimentos de teste por meio da geração de relatórios automatizados e o gerenciamento dos dados; 2 – Em termos de engenharia de sistemas, melhorou a suportabilidade da bancada permitindo adaptações mais ágeis por ocasião de mudanças de requisitos de testes e/ou projetos de FCU.

AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA DISTÂNCIA DE BURNTHROUGH EM CENÁRIOS DE INTERFERÊNCIA ELETRÔNICA

André Martins Krüger (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Diego Nunes Alves (Instituto de Aplicações Operacionais)

Natália Galvão Silva (Instituto de Aplicações Operacionais)

Resumo: Este trabalho surge da necessidade de estudos sobre interferência eletrônica, uma vez que a FAB está adquirindo vetores os quais possuem grandes capacidades na área de Guerra Eletrônica. Para tanto, faz-se necessário realizar análises sobre as potencialidades e limitações dessas formas de interferência. Neste trabalho, estuda-se como a distância de burnthrough influencia a eficácia de técnicas de despistamento como o RGPO (Range Gate Pull-Off) em algumas das missões realizadas pela FAB. Em um cenário de um self-screening jamming contra radares terrestres diretores de tiro, por exemplo, a depender de algumas características dos meios envolvidos, verifica-se a existência de uma distância de burnthrough operacionalmente significativa. Já em missões de combate aéreo com interferência em mísseis semi-ativos, por razões como a similaridade das potências do radar aeroembarcado e interferidor simulados, aquela distância não apresenta relevâncias operacionais. Tal afirmação também se aplica quando a ameaça passa a ser mísseis ativos. Isso se deve principalmente à relação de potências do seeker desse armamento e do interferidor analisados.

ESTUDO DO VENTO E TURBULÊNCIA ENTRE 29 E 31 KM DE ALTURA NA REGIÃO DO CENTRO DE LANÇAMENTO DE ALCÂNTARA

Antonio Paulo de Queiroz (Instituto de Aeronáutica e Espaço)

Rogério Cordeiro dos Santos (Instituto de Aeronáutica e Espaço)

Cleber Souza Corrêa (Instituto de Aeronáutica e Espaço)

Resumo: A Força Aérea Brasileira (FAB) está desenvolvendo um veículo hipersônico denominado 14-X que poderá alcançar velocidades correspondentes a Mach número 7 em altitude de 30 km na estratosfera acima do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). Portanto, é importante estimar a velocidade do vento e turbulência para essa região. Esse trabalho objetiva estimar os valores médios da direção e velocidade do vento e calcular a turbulência média entre 29 e 31 km de altitude para a estratosfera acima do CLA. Para isso, selecionou-se 203 radiossondagens entre 1989 e 1996 que conseguiram alcançar os 31 km de altitude em Alcântara-MA. Foi feito o estudo para os meses considerados mais secos: setembro, outubro e novembro (SON); e meses correspondentes à estação chuvosa na região: março, abril e maio (MAM). Concluiu-se que os ventos médios sopram de leste para as duas estações (seca e chuvosa), contudo a velocidade média do vento variou de 5 para 16 m/s entre o período seco e chuvoso. O cisalhamento médio do vento também é mais intenso no período chuvoso atingindo 0,0071/s, enquanto no período seco alcançou 0,0056/s para a região de estudo. A temperatura média apresentou pequena variação entre -43,3°C (MAM) até –44,3°C (SON).

DETECÇÃO DE DRONES UTILIZANDO REDE SENSORES DE RF BASEADOS EM RDS

Cristiano Torres do Amaral (Sistema de Proteção da Amazônia)

Edilson V. Dantas Júnior (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial)

Olympio Coutinho (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: Este artigo apresenta uma proposta de sistema para detecção de emissões de radiofrequência (RF) de drones baseada na utilização de Rádio Definido por Software (RDS) distribuído. Um experimento de demonstração de conceito é apresentado, onde o sinal de dois drones diferentes pode ser detectado e analisado. Também foi utilizada simulação computacional para predição de cobertura eletromagnética. Os resultados obtidos subsidiam estudos para estabelecer diretrizes e protocolos para desenvolvimento de uma plataforma de detecção da assinatura espectral utilizando RDS. O texto apresenta a revisão da literatura sobre o tema, bem como requisitos técnicos para utilização de sensores baseados em rádio definido por software para varredura e detecção da assinatura espectral de RPA.

GEOLOCATION BASED ON TDOA MEASUREMENTS TO FORMATION FLYING SPACECRAFT

Kátia Maier dos Santos (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Willer Gomes dos Santos (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Abstract: The GPS and the GLONASS are the most used satellite systems for localization and navigation. Position estimation is a very important task in the globalized world, and there are several techniques to accomplish this. The method used in this work is based on the Time Difference of Arrival (TDOA) measurements. Both GPS and GLONASS are satellite constellations, but the formation flying is a topic being studied a lot in the last years. This work used a satellite formation flying of 3 satellites in a circular orbit to geolocate an object on Earth’s surface. A reconfiguration maneuver using the two impulse method is made and its impact on locating the object is analyzed. With the results, it was possible to conclude that the further the orbit passes above the real object, the higher is the error. Also, the reconfiguration maneuver did not have much impact on the location error in latitude and longitude.

PROJETO DE SENSORES INFRAVERMELHOS DE BAIXO RUÍDO E ALTO DYNAMIC RANGE PARA APLICAÇÕES MILITARES

Adilson Carlos Batista (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Lester de Abreu Faria (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: Este trabalho apresenta o desenvolvimento de um circuito integrado analógico projetado para condicionar sinais de corrente de baixa intensidade, como os provenientes de detectores a poços quânticos (QWIP), operando no espectro infravermelho. O circuito, denominado ROIC (Readout Integrated Circuit), foi projetado no software Cadence® Virtuoso®, contendo um espelho de corrente CM (Current Mirror), portas de passagem e um SFDI (Source Follower Direct Inject), apresentando consumo potência abaixo de 100 nW. O mesmo opera com correntes de integração de 1 a 7 nA, possuindo modularidade e área reduzida, e sendo indicado para aplicações com matrizes de “pixel” de alta densidade. Difere-se dos demais encontrados na literatura uma vez que proporciona a subtração da corrente de escuro, o fazendo por meio de um pixel referência a ser incorporado no FPA. Os resultados simulados denotam que a topologia proposta é eficaz em subtrair não só a componente de ruído (corrente de escuro) como ainda uma referência de background, aumentando o dynamic range.

DRONES: HISTÓRIA, LEGISLAÇÃO, APLICAÇÕES DE SENSORES E CLASSIFICAÇÕES

Igor José Sleutjes (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Emerson Ricardo Mauro (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Olympio Lucchini Coutinho (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: Ao longo da evolução das aeronaves foi concebido o emprego de dispositivos não tripulados para execução de missões perigosas ou extremamente exaustivas à tripulação. O combate a o terrorismo, enfatizado a partir de 2001, demandou uma adequação significativa na forma de emprego, na mobilidade e nas capacidades dos drones. Dentre essas alterações, a redução de escala e a decolagem vertical foram as mais importantes e viabilizaram a exploração pelo mercado civil que, rapidamente, conquistou o público em geral. As demandas e os investimentos nesse setor vêm quebrando recordes sucessivamente e as notícias relatando o envolvimento de drones em acidentes ou situações de perigo acompanham essa tendência. A paralisação de aeroportos tem sido recorrente em função da presença de drones nos arredores dos aeródromos e, recentemente, foi noticiado o uso de drones para o emprego de explosivos C4. Nesse aspecto, ressalta-se a importância em conhecer as regras de operação e os limites para que o voo transcorra de maneira segura e não afete a segurança de terceiros. Além disso, para o setor de defesa, também é importante conhecer as características desses dispositivos para que seja possível combater uma eventual ameaça e para que as pesquisas específicas possam ser fomentadas adequadamente. Assim, tópicos históricos, regras básicas de voo, aplicações e uma forma de classificação são assuntos importantes a serem abordados.

MODELO CAST APLICADO AO ACIDENTE AERONÁUTICO ENVOLVENDO A AERONAVE C-130 NA OPERAÇÃO DE APROXIMAÇÃO E POUSO NO CONTINENTE ANTÁRTICO

Domenico Merrichelli II (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Rodrigo Gentil Rodrigues (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: A técnica CAST – Causal Analysis Based on Systems Theory – é uma ferramenta derivada do modelo STAMP – Systems-Theoretic Accident Model and Processes – que foi estruturada para analisar a causalidade de acidentes com a perspectiva da Teoria de Sistemas, e permite realizar uma avaliação que auxilie na compreensão dos motivos que levaram ao evento, contribuindo na prevenção de novas ocorrências do mesmo tipo. A técnica já foi utilizada na análise de acidentes, como a Análise CAST do Acidente Shell Moerdijk (Países Baixos) e a Análise CAST do Acidente de Macondo (Golfo do México). O objetivo desse trabalho é identificar os fatores que contribuíram na incapacidade da estrutura funcional de controle em impor restrições de segurança, além de determinar as mudanças necessárias para evitar novas perdas futuras utilizando a técnica CAST. Para isso, serão aplicados os resultados da investigação do acidente com o FAB 2470 no modelo CAST, a fim de apresentar Requisitos e Restrições de Segurança visando colaborar com o aprimoramento da dinâmica do sistema sociotécnico das Operações Antárticas.

 

ANÁLISE DE SEGURANÇA DA AUTOMAÇÃO EM SISTEMAS SOCIOTÉCNICOS

Sarah Francisca de Souza Borges (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Moacyr Machado Cardoso-Junior (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: Atualmente, há maior compartilhamento do controle do sistema entre humanos e a automação, conduzindo a novos tipos de erro. Para sistemas sociotécnicos, o método STPA (System-Theoretic Process Analysis) se destaca na identificação de UCAs (Unsafe Control Actions), respectivos cenários causais e defesas. Contudo, o STPA ainda carece no estudo de fatores humanos e uma implementação nova, segundo especialistas em design de sistemas sociotécnicos, é aplica-lo em conjunto com o método SHERPA (System Human Error Reduction and Prediction Approach). Com o SHERPA seria realizado uma descrição das tarefas (abordagem de baixo para cima), e com o STPA a identificação dos perigos e um modelo hierárquico do sistema de controle (abordagem de cima para baixo). Assim, o objetivo deste estudo foi analisar se os métodos SHERPA e STAMP-STPA trariam benefícios ao serem aplicados em conjunto. Como resultado, pelo STPA a identificação foi de 47 UCAs, pelo SHERPA foram 68 modos de erro. Em suma, mostrou-se vantajosa a proposta de usar o SHERPA como complementar, na revisão de resultados do STPA, visando identificar mais modos de erro humano e cenários causais.

META-HEURÍSTICA APLICADA NA SIMULAÇÃO E ANÁLISE NUMÉRICA DE VIBRAÇÕES EM SUPERFÍCIES SÓLIDAS

Leonardo Guimarães Aleixo (Universidade Federal do Pará)

Resumo: Este trabalho apresenta estudo de simulação numérica por otimização, analisando valores de vibrações em superfície sólida coletando dados por sistema embarcado computadorizado. Com referência ao assunto, é demonstrado o método Ford-Fulkerson para obter fluxo máximo do conjunto de matrizes de células de dados, elaborando equipamento básico com plataforma eletrônica open-source acoplada a componentes elétricos e analisando vibrações. É aplicado método de otimização aos dados coletados com resultados tabelados. Ao final é visualizado ensaio com possibilidade e aplicação para estimativa de vetores de vibração em fuselagem de aeronave.

ENSAIOS EM EQUIPAMENTOS COM INTERFACE AÉREA DESTINADA A SERVIÇOS MÓVEIS COM PROTOCOLO IPV6

Andréa Ferreira Canhoto (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)

Edésio Hernane Paulicena (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)

Marcus Pina (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)

Resumo: Com o intuito de promover o desenvolvimento e utilização do protocolo IPv6, a Anatel estabelece um conjunto de requisitos para a certificação de equipamentos de telecomunicações Categoria I compatíveis com o referido protocolo, baseados em normas internacionais, como 3GPP, ETSI e RFC. O Laboratório de Integração e Testes (LIT), situado no INPE, é um dos principais laboratórios para homologação e certificação de equipamentos de telecomunicações no Brasil. Neste trabalho, apresentam-se algumas características do protocolo IPv6, os requisitos de ensaios requeridos pela Anatel e alguns resultados de ensaios realizados no LIT.

RDS-DEFESA NA INTEROPERABILIDADE TÁTICA COM O BARRAMENTO INTERC2: PROVA DE CONCEITO

Anderson Ferreira de Oliveira (Centro de Análise de Sistemas Navais)

Tomás de Aquino T. Botelho (Centro de Análise de Sistemas Navais)

Edmundo Lopes Cecílio (Sigma Delta Tecnologia)

Resumo: O projeto INTERC2, patrocinado pela SC1/CHOC/EMCFA/MD, desenvolveu uma Plataforma de Interoperabilidade (PINTERC2) com a finalidade de permitir a interoperabilidade entre sistemas de C2 das Forças Singulares e o SIPLOM. O RDS-Defesa promove, com independência tecnológica, flexibilidade e segurança a interoperabilidade nas comunicações rádio das Forças Armadas nas faixas de HF, VHF e UHF. As equipes dos projetos INTERC2 e RDS-Defesa uniram esforços para realização de uma prova de conceito (pesquisa experimental) para viabilizar a interoperabilidade de aplicações de C2 táticas à PINTERC2 via redes rádio RDS com um conjunto de gateways. Esses gateways em arquitetura distribuída formam o embrião do Multi Data Link Processor (MDLP). Foram coletadas informações referentes ao desempenho do protocolo utilizado pela Plataforma, o SOAP e também de protocolos menos complexos, adequados ao uso em redes rádio. Foi estabelecida a arquitetura que viabilizou a interoperabilidade entre aplicações de C2 táticas diferentes e entre essas e a PINTERC2.

DESENVOLVIMENTO DE EQUIPAMENTO DE AMOSTRAGEM DE AR PARA DETECÇÃO DE CONTAMINAÇÃO MICROBIOLÓGICA

Willians Fernandes (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Luiz Borges Silva (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Liana Kalczuk (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Daisy Hirata (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Priscila Fernandes (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

José Matieli (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Resumo: O objeto do presente trabalho é descrever o desenvolvimento de 5 equipamentos nacionais, de baixo custo, para monitoramento seguro da presença de microrganismos dispersos no ar, em particular, de SARS-CoV-2 em áreas laborais e de grande circulação populacional como hospitais, aeroportos, salas de espera e estabelecimentos comerciais ou industriais. Serão descritos no presente texto o processo de desenvolvimento dos protótipos de amostrador de ar, bem como a otimização de membranas e filtros para melhora da capacidade de detecção microbiana, dirigidos a diferentes aplicações (para diferentes ambientes). Obtivemos a prova de conceito com protótipo modelo, que foi capaz de colher materiais posteriormente analisados quanto à presença de vírus como SARS-CoV-2 e outros microrganismos de interesse. Desenvolvemos assim a validação desse equipamento por meio da coleta de amostras no Hospital ACCamargo, com a verificação da eficiência na recuperação de amostras biológicas e a indicação de melhorias posteriormente implementadas nos demais equipamentos. Essa validação originou outros quatro equipamentos, que foram prototipados pela equipe e estão descritos no presente trabalho. Ainda são descritas as etapas de utilização desses equipamentos em campo para identificação de partículas biológicas, com cultivo e sequenciamento dos ácidos nucleicos derivados dos organismos capturados.

NOVAS TENDÊNCIAS: O USO DE BOMBA ELÉTRICA EM VEÍCULO ESPACIAL À PROPULSÃO LÍQUIDA

Fernando César Monteiro Tavares (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)

Alison de Oliveira Moraes (Instituto de Aeronáutica e Espaço)

Resumo: O avanço no desenvolvimento de baterias confiáveis, com grande capacidade de armazenamento de energia e baixo peso para utilização em veículos elétricos, acarreta a possibilidade de aplicação na área espacial, na pressurização das linhas de combustível e oxidante de motores foguete a propelente líquido. Para apresentação da utilização das tecnologias atuais, para uma pressurização utilizando uma bomba elétrica, foi necessário elaborar uma configuração de um foguete e comparar os resultados de um 3º estágio com propulsão líquida, pressurizado com turbo-bomba e pressurizado com eletrobomba. Verificando que mesmo sendo menos eficiente a utilização da bomba elétrica atende a missão proposta, simplificando o projeto, diminuindo o custo e tempo do desenvolvimento do veículo.

Simpósio de Aplicações Operacionais em Áreas de Defesa (SIGE) - 2020 | Developed by 

Configurado por Design 24 Horas - Arte, Criatividade e Serviços